Protocolo Terapêutico de Emagrecimento

Informações


É necessário entendermos que tudo aquilo que ingerimos no dia a dia reflete diretamente em nossa vida, nos) aspectos físicos/biológicos, nas questões emocionais e comportamentais.


Atualmente, a obesidade é considerada uma doença crônica e corresponde a uma epidemia global, e os altos índices de excesso de peso e obesidade da população brasileira são causados pelas mudanças nos padrões alimentares, tanto de consumo quanto de produção e comercialização dos alimentos. Essa situação é caracterizada pela substituição de alimentos tradicionais (carnes, ovos, cereais, raízes e tubérculos) por alimentos industrializados, ultraprocessados, ricos em gorduras e açúcares. O estilo de vida, a diminuição da prática de atividade física, bem como fatores ambientais também têm contribuído para essas alterações.



A Psicoterapia baseada na terapia cognitiva-comportamental (TCC), pode contribuir com saúde-física no emagrecimento e equilíbrio, que consiste em um tratamento psicológico que busca modificar o padrão de comportamento alimentar e a reestruturação de pensamentos e crenças da pessoa sobre a sua própria alimentação e estilo de vida.

E com isso me tornei uma profissional habilitada na aplicação do Protocolo de tratamento cognitivo-comportamental para obesidade, um modelo terapêutico inovador avaliado elaborado por 20 anos pela Universidade de Oxford, Inglaterra, o "Cognitive-Behavioral Trea of Obesity: A Clinician's Guide" (COOPER; FAIRBURN; HAWKER, 2013), com diretrizes tanto para tratamento terapêutico da obesidade quanto para transtornos alimentares (como compulsão, anorexia, bulimia, etc). É importante ressaltar, que o protocolo que será aplicado por mim Paloma Soares, psicóloga-CRP06/136122 presencialmente ou online.


Protocolo de Emagrecimento de Oxford, fases:


  1. • Início do tratamento (psicoeducação);
  2. Evitando equívocos: diagnóstico, traços e transtornos TAG, Depressão, Controle de Impulsos
  3. • Comer Transtornado (outros)
  4. • Estabelecimento da perda de peso;
  5. • Administração das barreiras no emagrecimento e das preocupações com a imagem corporal;
  6. • Alimentação (manejo das distorções cognitivas);
  7. • Compulsão Alimentar;
  8. • Food Addiction e Fome Emocional
  9. • Síndrome do Comer Noturno
  10. • Atividade Física (ativação comportamental);
  11. • Manejo das preocupações com a imagem corporal;
  12. • Manutenção do peso;
  13. • Prevenção a recaídas;
  14. • Intervenções On-line na Obesidade e Emagrecimento;
  15. • Finalização e alta;
  16. • Programa DBT para o Comer Emocional
  17. • Tratamento Comportamental Baseado na Aceitação


Nesse contexto de transformação do mindset de emagrecimento e novo estilo de vida, somente uma real mudança nos hábitos alimentares, físicos, cognitivos e nos comportamentos podem levar ao sucesso perda e principalmente da manutenção do peso ideal, e, consequentemente, a uma melhor qualidade de vida.


alimentacao

Disponibilidade

Seg a Sex - 09:00 - 20:00

Ainda com dúvidas sobre Psicologia Alimentar?

O que é a Psicologia Alimentar?

A terapia comportamental cognitiva (TCC) tem dado evidências de seu papel coadjuvante no tratamento da obesidade. A TCC, auxilia os indivíduos a mudarem a forma como lidam com a alimentação, adquirindo pensamentos, sentimentos e comportamentos mais funcionais e modificando a relação que estabelecem com a comida.

Qual é o objetivo da Psicologia Alimentar?

O objetivo da Psicologia Alimentar é promover uma relação saudável e equilibrada com a comida, compreendendo os fatores emocionais, comportamentais e cognitivos que influenciam nossas escolhas alimentares. Ela visa ajudar as pessoas a desenvolverem uma alimentação consciente, superar comportamentos alimentares problemáticos e alcançar um equilíbrio nutricional adequado.

Quais são os principais temas abordados na Psicologia Alimentar?

A Psicologia Alimentar aborda uma variedade de temas, como fazer o paciente entrar em contato com técnicas de remodelagem dos pensamentos sabotadores que servem de gatilho para o ato de comer. Outro foco é o aprendizado de novos comportamentos, o autoconhecimento, o aprimoramento do autocontrole e o gerenciamento da ansiedade e do estresse.

Como a Psicologia Alimentar pode ajudar com problemas alimentares?

A maneira como as pessoas pensam afeta o que elas sentem e fazem. Nessa perspectiva, dieta e atividade física são tão importantes quanto uma tomada de consciência: Em que contexto engordei? Que pensamentos elaborei sobre mim que se manifestaram em um corpo pesado? Por que a dieta não funciona comigo? O que me desanima?

O emagrecimento exige mudança de comportamento e antes dele uma mudança cognitiva, uma transformação no jeito de pensar.

Como a Psicologia Alimentar promove a alimentação consciente?

A alimentação consciente é uma abordagem que enfatiza a atenção plena e a consciência durante a alimentação. A Psicologia Alimentar ajuda as pessoas a desenvolverem a prática da alimentação consciente, que envolve prestar atenção aos sinais internos de fome e saciedade, saborear os alimentos, notar os pensamentos e emoções relacionados à comida e fazer escolhas alimentares conscientes e saudáveis.

Quem pode se beneficiar da Psicologia Alimentar?

Qualquer pessoa, de todas as idades, que queiram desenvolver uma relação mais saudável com a alimentação e enfrentar problemas relacionados à comida pode se beneficiar da Psicologia Alimentar. Isso inclui pessoas com comportamentos alimentares compulsivos, transtornos alimentares, comer emocional, insatisfação corporal ou desejo de adotar uma alimentação mais equilibrada e consciente.

Como encontrar um profissional de Psicologia Alimentar?

Para encontrar um profissional de Psicologia Alimentar, é recomendável buscar um psicólogo especializado em transtornos alimentares. Eles podem fornecer orientação e suporte adequados para ajudar na mudança de comportamentos alimentares e promover um relacionamento saudável com a comida.


Lembre-se de que essas respostas são apenas informativas e não substituem a consulta a um profissional qualificado. Se você estiver enfrentando problemas alimentares, é importante buscar a ajuda de um profissional especializado em Psicologia Alimentar.

Postagens Relacionadas


no image
Fui traída(o) onde foi que eu errei?
no image
Morar juntos sonho ou pesadelo?
no image
Casamento em crise e carreira em alta como lidar com esse dilema

Conheça as especialidades

Clique abaixo nos ícones para ir para a página correspondente

Sobre Mim

Paloma Soares

Psicóloga | Terapeuta de Casais

CRP 06/136122– SP

Olá vou te contar um pouco sobre mim. Meu trabalho há 18 anos é no campo de Desenvolvimento Humano. Os primeiros 10 anos atuei em RH de empresas multinacionais. E há oito anos atuo como Psicóloga Clínica e realizei mais de 12 mil horas de atendimentos a adultos e casais, adolescentes, crianças, grupos. Atendo de modo Online e Presencial através da abordagem Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) individual e TCC para Casais, sou Especialista em Transtornos Alimentares e Obesidade, e Especialista em Psicopatologias. Veja os depoimentos dos meus pacientes e entenda porque minha missão é promover a saúde emocional na vida das pessoas. 

Avaliações no Google

folha4 1
cce31e0d 44e5 495d 9e8f 3ad897c2456d

Das 09h as 20h, de Seg a Sexta

uffizi

ampliareclinicadepsicologia@gmail.com

Endereço: Cond. Uffizi Medical Center

Rua Anchieta, 204

Vila Boaventura - Jundiaí/SP