fundo do poco
Chegamos no fundo do poço da relação

Muitos casais esperam até atingir um ponto crítico ou "fundo do poço" em seus relacionamentos antes de buscar ajuda por várias razões, mas isso nem sempre é a abordagem mais eficaz. Algumas razões comuns incluem:

  • Estigma em torno da terapia: Alguns casais relutam em buscar ajuda porque percebem a terapia como um sinal de fracasso ou fraqueza. Esse estigma pode impedi-los de procurar assistência mais cedo, quando os problemas são menos graves.
  • Esperança de que as coisas melhorem por conta própria: Algumas pessoas acreditam que os problemas no relacionamento podem ser temporários ou que, com o tempo, as coisas se resolverão por conta própria. No entanto, problemas não resolvidos tendem a persistir e podem piorar com o tempo.
  • Falta de conscientização: Às vezes, os casais não percebem a gravidade de seus problemas ou subestimam o impacto que eles têm no relacionamento. A falta de conscientização pode levar à procrastinação na busca de ajuda.
  • Medo do confronto: Enfrentar problemas de relacionamento pode ser difícil e desconfortável. Algumas pessoas evitam a terapia para evitar confrontar questões profundas ou para evitar abrir feridas emocionais.
  • Esperança de evitar a separação: Casais podem temer que procurar ajuda seja um passo em direção à separação. No entanto, a terapia pode, na verdade, fortalecer os relacionamentos e oferecer estratégias para evitar a ruptura.
  • Falta de conhecimento sobre terapia precoce: Alguns casais podem não estar cientes de que a terapia pode ser benéfica mesmo em estágios iniciais dos problemas de relacionamento. A terapia preventiva pode ajudar a desenvolver habilidades de comunicação e resolução de conflitos antes que os problemas se agravem.

O melhor momento para se trabalhar com o casal é quando ambos estão dispostos e disponíveis para encarar as queixas e frustrações um do outro, não como um duelo ou juízo final, mas como um trabalho em equipe. É importante reconhecer que buscar ajuda mais cedo pode ser mais eficaz na prevenção de crises e no fortalecimento do relacionamento. A terapia não é apenas para resolver problemas graves; pode ser uma ferramenta valiosa para promover a compreensão, a comunicação e a intimidade desde o início do relacionamento. Abordar questões antes que se agravem pode levar a resultados mais positivos e duradouros.

Paloma Soares

Psicóloga clínica CRP.: 06/136122

Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental

Terapeuta de casais e famílias


d068ee324f6cd1a0a521104ab52c7e46

Uma postagem de

Psicóloga Dra. Paloma Soares

Especialidades

Veja nossas especialidades de atendimento psicológico presencial e online.

Postagens Relacionadas

no image
Fui traída(o) onde foi que eu errei?
no image
Morar juntos sonho ou pesadelo?
no image
Casamento em crise e carreira em alta como lidar com esse dilema
cce31e0d 44e5 495d 9e8f 3ad897c2456d

Das 09h as 20h, de Seg a Sexta

uffizi

ampliareclinicadepsicologia@gmail.com

Endereço: Cond. Uffizi Medical Center

Rua Anchieta, 204

Vila Boaventura - Jundiaí/SP

Avalie este post