no image
Como lidar com parceiro com transtorno psicológico no relacionamento

Antes de qualquer relacionamento, vem a relação consigo mesmo, quanto cada um se cuida, é responsável por si e pela própria saúde. 

Um transtorno psiquiátrico não tratado se torna parte do transtorno de uma relação.

Lidar com um parceiro que tem um transtorno psicológico pode ser desafiador, mas com paciência, compreensão e apoio adequado, é possível construir um relacionamento saudável e satisfatório. Aqui estão algumas dicas que podem ajudar:

  1. Eduque-se sobre o transtorno: Procure aprender o máximo possível sobre o transtorno psicológico do seu parceiro. Compreender os sintomas, desafios e possíveis desencadeadores pode ajudá-lo a lidar melhor com a situação e a oferecer o apoio adequado.
  2. Comunicação aberta e honesta: Estabeleça uma comunicação aberta e honesta com seu parceiro. Encoraje-o a expressar seus sentimentos e preocupações, e esteja disposto a ouvir sem julgamento. A comunicação eficaz é essencial para resolver conflitos e fortalecer o vínculo emocional.
  3. Pratique a empatia: Coloque-se no lugar do seu parceiro e tente entender suas experiências e emoções. A empatia é fundamental para criar um ambiente de apoio e compreensão mútua no relacionamento.
  4. Estabeleça limites saudáveis: É importante estabelecer limites saudáveis para proteger seu próprio bem-estar emocional. Reconheça seus próprios limites e saiba quando é necessário buscar ajuda ou apoio adicional, seja de amigos, familiares ou profissionais de saúde mental.
  5. Encoraje o tratamento profissional: Incentive seu parceiro a buscar tratamento profissional, se necessário. A terapia individual ou em grupo, a medicação prescrita por um psiquiatra e outras formas de intervenção podem ser benéficas para gerenciar os sintomas do transtorno e promover o bem-estar emocional.
  6. Cuide de si mesmo: Não se esqueça de cuidar de si mesmo enquanto apoia seu parceiro. Reserve tempo para atividades que lhe tragam alegria e relaxamento, mantenha hábitos saudáveis de sono, alimentação e exercício físico, e busque apoio emocional quando necessário.
  7. Seja paciente: Lembre-se de que o processo de lidar com um transtorno psicológico pode ser longo e desafiador. Seja paciente consigo mesmo e com seu parceiro, e lembre-se de que o progresso pode ser gradual. Celebrar pequenas vitórias ao longo do caminho pode ajudar a manter a esperança e o otimismo.

Lidar com um parceiro que tem um transtorno psicológico pode ser um desafio, mas também pode ser uma oportunidade para fortalecer o vínculo emocional e cultivar um relacionamento mais profundo e significativo. Com amor, apoio e comprometimento mútuo, é possível enfrentar os desafios juntos e construir uma vida feliz e satisfatória.

Paloma Soares | Psicóloga e Terapeuta de casais


d068ee324f6cd1a0a521104ab52c7e46

Uma postagem de

Psicóloga Dra. Paloma Soares

Especialidades

Veja nossas especialidades de atendimento psicológico presencial e online.

Nuvem de Tags

Postagens Relacionadas

no image
Fui traída(o) onde foi que eu errei?
no image
Morar juntos sonho ou pesadelo?
no image
Casamento em crise e carreira em alta como lidar com esse dilema
cce31e0d 44e5 495d 9e8f 3ad897c2456d

Das 09h as 20h, de Seg a Sexta

uffizi

ampliareclinicadepsicologia@gmail.com

Endereço: Cond. Uffizi Medical Center

Rua Anchieta, 204

Vila Boaventura - Jundiaí/SP

Avalie este post